mavecas

mavecas
mavecas

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Fiat 147,a estória...

Este post vai para cutucar meu amigo Klauss (Branco),meu amigo Redbeard e todos aqueles que querendo ou não,tem uma leve admiração por este pequenino!!!Só fico imaginando um destes com uma mecânica T-jet e na injeção Fulltech...Que monstrinho não viraria? 


Ficheiro:Fiat 147 in Italia.JPG



O Fiat 147 foi um modelo de automóvel produzido pela Fiat do Brasil entre 1976 e 1986. Baseado no 127 italiano, o 147 marcou seu pioneirismo em várias formas:
  • Primeiro carro da Fiat produzido no Brasil, marcando o início das operações da fábrica de Betim, Minas Gerais;
  • Primeiro carro brasileiro com motor transversal dianteiro;
  • Primeiro carro no Brasil com coluna articulada;
  • Primeiro carro a álcool fabricado em série em todo o mundo (a partir de 1976);
  • O menor carro a diesel da época, sendo vendido na Europa e Argentina;
  • Primeiro carro brasileiro com todas as "variantes": hatch, sedan, perua, furgão e pick-up, faltando apenas as variantes conversivel e utilitaria esportiva;
  • Primeiro carro brasileiro com o estepe junto ao compartimento do motor, ou seja embaixo do capô dianteiro;
  • Primeiro carro brasileiro de pequeno porte com suspensão independente traseira;
  • Primeiro carro no Brasil a utilizar para-choques de plástico polipropileno em larga escala.(no modelo europa em 1980);
  • Primeiro carro brasileiro com desembaçador traseiro.
Em seus quinze anos de produção o Fiat 147 passou por duas reestilizações, sem grandes mudanças na carroceria. Na primeira reestilização ganhou uma frente mais baixa, no estilo que a marca chamou "Europa" em 1980 e, mais tarde, em 1983, a segunda que foi chamada Spazio, incorporando para-choques de plástico e estilo alusivo a modelos contemporâneos da marca como o Fiat Ritmo.
Teve uma versão picape lançada em 1978, a princípio chamada de Fiat 147 Pick-up. Em 1982, ganhou plataforma igual a da Panorama e passou a se chamar Fiorino. Na mesma época, foi lançado a versão furgão, que é produzido até hoje, na plataforma do Uno. A perua Panorama, foi lançada em 1980 e a versão sedã, (Oggi), em 1983. Essas versões tiveram vida curta (apenas até 1986). A versão Hatchback do 147 saiu de linha no Brasil em 1986 embora o Spazio continuasse sendo montado para exportação até 1993, e o ferramental de produção foi em parte transferido para a Argentina, onde foi montado até 1996. As versões pick-up e furgão (Fiorino) foram substituídos pela plataforma do Uno em 1988.
Foi eleito pela Revista Autoesporte o Carro do Ano de 1978.
Na época seu unico concorrente eram o VW Fusca que, tinha um desempenho e consumo inferiores. Porém a mecanica do 147 demandava mais conhecimentos mecanicos para trabalhar com esse motor. Seu cambio apresentava maior dificuldade para encontrar as marchas em suas primeiras versões, problema que foi em parte solucionado pela Fiat a partir dos modelos de 1984.

 796 kg.
















Um comentário:

  1. Rapaz, eu fico só pensando se eu tivesse um que nem aquele daquele conhecido seu...

    ResponderExcluir